Zapatillas nike zapatillas reebok nike air max blancas ropa abercrombie gafas ray ban zapatillas under armour gafas de sol ray ban Gafas carrea new balance hombre botas futbol zapatillas asics new balance mujer zapatos casuales Zapatillas air jordan nike sb nike corte zapatillas vans zapatos timberland zapatillas sport zapatos de mujer nike free puma zapatillas zapatos gucci botas de futbol nike presto gorras new era Gafas oakley bolsos louis vuitton
Zapatillas nike zapatillas reebok nike air max blancas ropa abercrombie gafas ray ban zapatillas under armour gafas de sol ray ban Gafas carrea new balance hombre botas futbol zapatillas asics new balance mujer zapatos casuales Zapatillas air jordan nike sb nike corte zapatillas vans zapatos timberland zapatillas sport zapatos de mujer nike free puma zapatillas zapatos gucci botas de futbol nike presto gorras new era Gafas oakley bolsos louis vuitton
new balance uk jordan trainers Adidas Stan Smith uk nike free 5.0 uk oakley sunglasses uk timberland boots uk nike air max sale saucony trainers Longchamp uk adidas football boots uk polo shirts uk louis vuitton uk adidas neo uk nike air force 1 uk cheap ray bans uk hollister uk balenciaga trainers nike trainers uk adidas trainers Adidas Superstar uk nike football boots uk nike air force uk puma uk abercrombie and fitch uk gucci belt uk nike shox uk jimmy choo uk nike blazers uk giuseppe zanotti uk adidas tubular uk
puma chaussure nike corte new balance femme nike flynit polo lacoste vetement chaussure sport adidas nmd Sac michael kors Sac longchamp Chaussure vans chaussure reebok nike air max nike shox adidas superstar Chaussure adidas nike free run femme chaussure de sport lunette ray ban Chaussure puma christian louboutin adidas zx flux chaussures de foot adidas femme Chaussure louboutin chaussure bateau Sac louis vuitton chaussure de foot polo ralph lauren chaussure de marque Chaussure nike Bijoux nike roshe run femme nike blazer lunette de soleil chaussure femme
Menu principal
Página inicial
Notícias
Galeria de fotos
Loja virtual
Fale conosco
Morro de São Paulo
A História
O que fazer de dia
Comércios e Serviços
Meio Ambiente
Eventos
Férias Bahia
Férias Brasil
Está na hora
Promoções
Apresentação
O que fazer a noite
Bairros
Como Chegar
Taxi Aereo
De Avião
De Catamarãs
Via Terrestre
Rotas rodoviárias
Transfer Terrestre
Hotéis e pousadas
Localização
Hospedagem
Escolha onde ficar
Melhores Hospedagens
Em destaque
Pacotes promocionais
Novidade
Promoções da Hora
Festival de primavera
English
Onde Comprar
Dica Info
Video
Informações em Espanhol
Espanhol
Italiano
Praias
Primeira Praia
Segunda Praia
Terceira Praia
Quarta Praia
Quinta Praia
Praia do Encanto
Praia Pequena
Praias próximas a vila
Prainha do Forte
Porto de Cima
Ponta da Pedra
Praias nas redondezas
Gamboa
Garapuá
Praia Argila Medicinal
Pratigi
Boipeba
Ponta do Curral
Ponta do Curral
O Que Fazer
Baleia Jubarte
City Tour
Trilhas de Aventura
Esportes náuticos
Ponta do Curral e Gamboa
Informações
Passeeios
Noite
Esporte & Lazer
Passeio de Barco a Vela
Aluguel de Caiaques
Passeio de Tirolesa
Passeio de Kite Surf
Passeio Pesca Esportiva
Mergulho com cilindro
Surf / Aulas de Surf
Passeio de Banana Boat
Notícia: Show Sucesso de Nando Reis
Passeio a Cavalo
Passeios e excursões
Passeio Volta a Ilha
Passeio Pirata do Morro
Passeio Garapuá em 4x4
Passeio Pancada Crande
Passeio de ultraleve
Caminhada Ecológica
Trilha Ecológica
Arte & Cultura
Atelier do Encanto
Feira de Artesanato
Artistas no Morro Online
Artesãos do Morro
Museus
Escritores
Religiosidade
Gente Daqui
Educação & Livros
Monumentos
Fortaleza
Forte
Farol
Fonte do Imperador
Igreja N.S da Luz
Casarão
Serviços Gerais
Telefones Úteis
Perguntas Frequentes
Tábua de Maré
Tô no Morro online
Companhias Aéreas
Entrevistas
Jornais
Online 24 Horas
Rodovias
Ondas
Empresas & Show Room
Rádio
Web Site
Site de Busca
Utilidade
Blogs
Embaixadas & Consulados
Delegacia de Polícia
Livro de Visita
Empregos
Profissionais
Governo
Modelos de Embarcações
Associações & ONGs no Morro
Achados & Perdidos em Morro
Registro de Domínios
Receitas
Humor
Prefeitura & Secretarias
Projetos Sociais
Mande sua História
Aeroportos Bahia e Brasil
Estéticas
Prestação de Serviços
Tatuagens
Lavanderias
Advocacias em Morro
Pet Shop
Telemensagens
Comidas Típicas
Bancos
Clima
Notícias Anteriores
Carnaval na Pousada
O Portal do Morro
Quem Somos
Anúncios grátis no Morro
Links
Sugestões & Reclamações
Agradecimentos aos Leitores
Classificados Grátis
Imóveis & Terrenos
Venda
Natureza
APA - Proteção Ambiental
Ecologia
Consciência Ambiental
Eco Turismo
Mangues
Saúde & Beleza
Clínicas
Odontologia
Atrações Próximas
As Praias da ilha
Cairú
Ilha de Boipeba
Valença
Nazaré
Ilha de Itaparica
Salvador
Roteiros do Morro
Restaurantes
Lua de Mel
Melhor Idade
Para Crianças
Mochileiros
Salvador da Bahia
História
Destinos
Hotéis
Pousadas
Albergues em Salvador
Igrejas e Capelas
Casas Noturnas
English
Brasil
Descobrimento do Brasil
Sobre o Brasil
Golfe no Brasil
Parques Nacionais
Esporte Radicais
Estradas
Estados com Site
Cidades do Brazil
Praias
Informações Governo
Educação
Arte no Morro Online
Fusos Horários
Hotéis
Fronteiras e Limites
Limites do Brasil
Turismo
Destinos Brasileiros
Glossário Turismo
Utilidades Publica
Cartões Postais
Agências de Notícias do Brasil
Amor & Amizade em Morro
Jogos Online em Morro
Arquitetura & Artes em Morro
Astrologia & Astronomia
Biblioteca
Carnaval
Carros & Motos
Cinema
Concursos
Cultura Diversos
Editoras
Esoterismo
Esportes
Futebol
Games
Imperdíveis
Informatica
Instituições
Internet
Livrarias & Livros
Mulher
Musicas & Letras
Navegando
Países
Personalidades & Pessoais
Politica & Partidos
Portais
Rádios
Revistas
Superinteresante
Parcerias
Comprar Fotos
Faça seu site
Viagem & Turismo
Dicas rápida como chegar
Melhores fotos do Morro
Não Perca Tempo
Reserve online: rápido e fácil.
Escolher sempre é bom
Relato de viagem: Indo para Morro de São Paulo
blog do Morro sp
Morro On Line - 4x4 - Passeios e expedições off-road
Universidades
Dicas e informações úteis
Hotéis e Pousadas em até 2X sem juros - Descontos imperdíveis à vista!
Programação copa 2014.
Reserve já seus passeios, pousadas, hotéis carnaval com antecedência.
Guia do Morro
Agências de Turismo
PORTAIS DE TURISMO
Cidades Turisticas
Hotéis Internacionais
SPAS
Hotéis em site
Empresas Aéreas
Cruzeiros
Locadoras tarifas
TRANSPORTE
PARQUES
MUSEUS
Escolas de Turismo
VARIEDADES
Guia Gigante - Hotéis e Pousadas Morro de
Morro de São Paulo - Bahia - Brasil
Zapatillas nike zapatillas reebok nike air max blancas ropa abercrombie gafas ray ban zapatillas under armour gafas de sol ray ban Gafas carrea new balance hombre botas futbol zapatillas asics new balance mujer zapatos casuales Zapatillas air jordan nike sb nike corte zapatillas vans zapatos timberland zapatillas sport zapatos de mujer nike free puma zapatillas zapatos gucci botas de futbol nike presto gorras new era Gafas oakley bolsos louis vuitton Adidas Neo cinturones gucci zapatillas saucony zapatillas de moda Adidas Originals Adidas Yeezy nike air force
Turismo em Morro de São Paulo Online, Bahia Brasil - Morro de São Paulo e Imbassai (fev/2014) - duas maravilhas n

Morro de São Paulo e Imbassai (fev/2014) - duas maravilhas n


   
   
   
Índice do fórum
     Tópicos Ativos
    Destinos
     Guia do Mochileiro de 1ª Viagem
     Respostas   
    Morro de São Paulo e Imbassai (fev/2014)
 - duas maravilhas no litoral da Bahia.
Regras do fórum
Responder
Primeira mensagem não lida • 1 mensagem • Página 1 de 1


Morro de São Paulo e Imbassai (fev/2014) -
 duas maravilhas no litoral da Bahia.

Mensagem não lidapor Mimi_rr » 18 Mar 2014, 11:41
São Paulo – Salvador em 31/01. 01/02, sábado, embarque para Itaparica, terminal Bom Despacho. Van para Cachapregos, onde nos hospedamos na Pousada Norage. Perto do comércio e das praias. Bem recebidos pela Aurita, toda atenciosa. Nos mostrou onde podíamos caminhar e almoçar. Fomos até o mangue, demos a volta pela praia e fomos almoçar: uma deliciosa moqueca de Aratu. Continuamos pela praia de Cachapregos, depois pegamos uma van para praia de Berlinque e Aratuba, tranquilas, onde presenciamos o por do sol. Praias sossegadas.

3.JPG



No retorno, comemos um hamburguer na pracinha da praia perto da pousada.

02/02, Domingo, após o café da manhã preparado com carinho pela Dona Autira (até uma torta de aratu ela tinha preparado), partimos de volta para o Terminal de Bom Despacho, e de lá pegamos um ônibus para Valença. Cidadezinha bonitinha, algumas construções antigas, e com os barcos esperando a partida para Morro de São Paulo.

100_9048.JPG


Compramos nosso bilhete em lancha rápida, para Morro, e aproveitamos um tempinho para almoçar num restaurante por quilo ali perto mesmo. Boas opções de refeições, bem em conta. Partimos para Morro, numa agradável viagem. Acho que as lanchas rápidas enjoam menos que as embarcações maiores. Antes de chegar a Morro, o barco faz uma parada na praia de Gamboa, onde algumas pessoas desembarcam. Teríamos, depois, a oportunidade de conhecer esse vilarejo.
Na chegada a morro, vários carrinhos nos esperam, os taxis, para nos levar ou levar nossas bagagens morro acima.

Aproveitamos para parar em algumas agências, procurando passeios, e confesso que senti certa decepção no atendimento. Por mais que saibamos as deficiências, achei estranho o fato das duas agências em que perguntamos não fazerem a menos questão de nos atenderem, e nos mandarem a outra agência. Hunf. Uma boa caminhadinha depois, chegamos a Pousada do Sossego. Um tanto longe do centro dos acontecimentos, mas tranquila e com piscina. Simples, com varanda e rede. Partimos para uma caminhada pela Primeira, Segunda e Terceira praia. Lindas.

100_9127.JPG



Não fomos adiante porque a maré estava cheia para atravessar pela praia mesmo. Pena que não vi ninguém naquela tirolesa que eu estava tanto a fim de experimentar. Acabei desanimando. Na terceira praia, finalmente fechamos nosso passeio , que circundava a Ilha e ia até Boipeba, para o dia seguinte, por R$ 100,00. Fechamos também um passeio a cavalo para a terça feita, por 35,00 para duas horas. Na volta, aproveitamos para lancharmos um sanduichezinho merreca na beira da praia, ao lado do Havana (esqueci o nome da lanchonete). Também, tudo tão caro ali pela orla, o barato saiu carérrimo. O sotaque latino americano impera por todos os cantos de Morro de São Paulo. As exóticas caipifrutas valem a pena. Frutinhas inimagináveis para quem vive no sudeste.

Segunda feira, 03/02: café da manhã na pousada (um pouco menos caprichoso que em Cachapregos). Partimos para o passeio de barco, com primeira parada na piscina natural de Garapuá. Não faltaram peixinhos para brincar conosco. Perfeito. Segunda parada para mergulho na piscina de Moreré. Muitos peixinhos nos saudaram com suas presenças. Lindas fotos subaquáticas. Tudo maravilhoso.

100_9236.JPG



Próxima parada da Lancha: praia de Cuiera, ao ladinho da praia de Tassimirim. Lindas, cercadas de coqueiros.

100-9191.JPG



Almoçamos a esperada lagosta na brasa. Maravilhosa. Após o almoço, um guia autônomo nos levou para uma caminhada pela povoado de Boipeba, onde conhecemos o inusitado Museu do Mar (de um senhor que recolhe restos de vida marinha e expõe aos visitantes). A lancha nos esperava na Boca da Barra, no Rio do Inferno, para seguirmos de volta a Morro de São Paulo. Mais uma parada, agora num bar flutuante em Canavieiras, onde experimentamos ostras frescas, tiradas e preparadas na hora. Surpreendentemente, ao contrário do que muita gente informa, vários lugares já aceitam cartão em Morro de São Paulo. Querem mais do que ter pago em cartão de crédito no bar flutuante? Parada rápida em Cairu, sede da prefeitura municipal, onde há o Convento de Santo Antonio. Na chegada do passeio de barco, ainda deu tempo de correr para o farol, onde podemos presenciar o lindo por do sol em Morro de São Paulo.

100-9195.JPG



Fomos para a pousada e voltamos para jantar no Papoula, culinária artesanal. Boa comida, a preço justo e atendimento carinhoso. Fomos caminhar pelo comércio farto de Morro de São Paulo. Pelo que tenho ouvido, Morro de São Paulo parece que se capitalizou demais para atender ao público estrangeiro. Fomos às praias, onde aconteceria um tal luau, que imaginávamos ser iluminado por fogueiras e ao som de violões. Qual nossa surpresa ao ver que a praia se preparava para receber algo como uma rave, com todos os carrinhos de caipifrutas estrategicamente localizados ao lado de onde se montou um palco de música eletrônica. Decepcionante. Na volta a pousada, pausa para um mergulho na piscina antes de subir as escadarias para o quarto... providencial.

Terça feira: Nosso passeio a cavalo estava marcado para as 15:30. Íamos ver o por do sol do alto da ilha. Para aproveitar a manhã, fomos visitar, a pé, o outro lado da ilha, mais rústico e natureba. Depois de uma caminhadinha, chegamos a Praia de Porto de Cima. Linda, com outro clima, bem diferente das badaladas praias numeradas. O bicho-grilo predomina. Mais uma caminhadinha e se chega à Ponta da Pedra e Gamboa. Aquela do vilarejo onde muita gente se hospeda na chegada a Morro de São Paulo. Um verdadeiro “spa natural”. Não ia recusar me lambusar de argila cor de rosa, e depois me banhar naquela praia paradisíaca. Até uma fontezinha de água doce nos refrescava da água do mar. Vários cavalos passeando por essa parte de Morro de São Paulo.

100-9197f.jpg



Retornamos à vila, para almoçarmos no restaurante El Sitio. A comidinha estava mais ou menos (preferi a do Papoula...). 15:30, horário marcado para estarmos na frente do Banco do Brasil, a espera do Alejandro, nosso guia que nos conduziria às outras paisagens de Morro. Um hermano gente boa, simpaticíssimo, apaixonado por nossas terras baianas, que nos fazia rir muito durante o passeio. Cavalgamos por pequenos povoados, até chegarmos ao alto da Ilha, onde podíamos enxergar os extremos da Ilha de Tinharé, além de Boipeba, Valença e Salvador.

No caminho de volta, uma parada para refrescar na Fonte do Céu. Mais uma caidinha na piscina ante de entrar para o quarto, e mais uma noite agradável em Morro de São Paulo. O jantar, dessa vez, foi no Bianco e Nero. Boa massa, a um preço honesto. E como Morro de São Paulo te chama às compras, não podia deixar de levar umas lembrancinhas para mim. Mais uma caipirinha na praia, para encerrar o roteiro em Morro de São Paulo.

Quarta- Feira. Dia da partida. Como nosso barco para Salvador sairia às 11:30, ainda deu tempo de um passeiozinho rápido. Fui até o forte, bem perto de onde atracam os barcos, e tirei minhas últimas fotos, de paisagens belas e escondidas de Morro de São Paulo. Lindos registros de despedida.

100-9205a.jpg



Partimos para Salvador (essa embarcação sacudia muiiito mais que a anterior). Após uma viagem muito incômoda, chegamos a Salvador e pegamos o ônibus para a rodoviária, lá perto do Mercado Modelo. Voltas e voltas depois, chegamos a rodoviária, de onde partiríamos para nossa outra estadia: Imbassaí. O ônibus que faz esse trajeto percorre a conhecida Linha Verde, que inicia na Praia do Forte e termina em Sauípe. Imbassaí faz, portanto, parte da mesma região, mas felizmente não tão explorada turisticamente e, consequentemente, mais preservada. Mais ou menos duas horas depois, chegamos a Imbassai, e pegamos um taxi para o Eco Hostel Lujimba, um tanto distante de onde o ônibus nos deixou. Ok, valeu a pena. A distância da estrada e do centro é compensada com uma área verde muito bem aproveitada. Alguns relatos que vi na net consideravam o espaço mal cuidado, mas, na verdade, é um espaço rústico. Muita madeira e palha na decoração, e muita natureza. Não faltou nada. Nem a piscina... rss. Aproveitamos para descansar um pouco, já entardecia. Saímos então para comer alguma coisa, por volta da hora do jantar (uma boa caminhadinha em vias pouco iluminadas, mas nada que desse medo ou insegurança), e encontramos o restaurante É Massa. A pizza estava bem boa, e o preço bem bacana também.

Quinta-feira: após o café da manhã, saímos para explorar a região. Nosso destino: povoado de Diogo e Praia de Santo Antonio. Pegamos um barquinho que percorre o rio Barroso (que se transforma em Imbassai) e desemboca no mar. Jeito alternativo, barato e agradável para se chegar à praia. Ao lado do rio, vários bares e quiosques. Muita gente se diverte naquelas águas, praticando esportes ou relaxando apenas...

100-9208b.jpg



Seguimos caminhada pela praia, por alguns quilômetros, até o povoado de pescadores chamado Diogo. Bem rústico e deserto, com apenas algumas casinhas e uns dois ou três restaurantes mais para dentro, deixando a praia. Dali se podia ver as dunas que cercam o vilarejo.

20140206_125948.jpg



Retornamos pela praia, e chegamos de novo à beira do rio, desembocando no mar. Lindas e agradáveis lagoas, numa mistura de doce e salgado. Perfeita harmonia.

100-9217b.JPG



A tarde caía, os banhos eram demais de agradáveis, mas precisávamos arrumar um lugar para comer. Um dos últimos bares abertos nos preparou um peixe maravilhoso, enquanto a noite chegava. Hora de voltar para a pousada. Satisfeita com a refeição na praia, nem foi preciso jantar. Só queríamos descansar da longa caminhada na praia.
Sexta-feira: partimos para a Praia do Forte, com uma van que pegamos na estrada. Fácil, fácil... queria conhecer o lado mais turístico da Linha Verde. Caminhamos até a praia, passamos no Hostel Praia do Forte para pegarmos nossas pulseirinhas e termos gratuidade na entrada do Projeto Tamar. Para quem estava interessada na rusticidade da antiga Morro de São Paulo e de Imbassai, achei a Praia do Forte um tanto comercial, exagerada e aberrativa no comércio, tal como a Rua Oscar Freire. Restaurantes e lojinhas de monte. Visitamos o projeto Tamar (educativo, mas um tanto capitalista também...). Lembrancinhas caras de morrer... mas exploramos o que era possível. Tartarugas marinhas de verdade, de mentirinha, filhotes, adolescentes e crescidinhas. Bom programa. Almoçamos num dos poucos restaurantes não extorsivos da Praia do Forte. Seguimos depois para o Castelo Garcia Dávilla, um misto de parque e de monumento histórico. Lindo lugar. Fomos de taxi, que fechou o valor de 60,00 para ir e nos esperar por uma hora. Valeu a pena. Avistar o mar de cima das ruínas rendeu belas fotos.

20140207_153048.jpg



Conhecer um pouco da história pouco explorada do Brasil é sempre bom. Tarde muito bem aproveitada. Passamos pelo Parque Municipal quando na volta à Praia do Forte. Esperamos a noite cair para voltar a Imbassai. Chegada à Pousada, aproveitamos a piscina no hostel. Ótima. Saímos para comer alguma coisa no É Massa, de novo, e esticamos para um sorvete no Três Marias. Ótimas opções, tais como Doce de Leite e Flor de Laranjeira. A dica do Roberto, do Eco Hostel, foi perfeita, como as outras que nos deu durante nossa estadia.

Sábado: fim do roteiro em Imbassai, partimos para Salvador, última parada antes do embarque para São Paulo. Chegamos por perto do horário do almoço, e seguimos para o Pelourinho, onde compramos nossos ingressos para o Bale Foclórico da Bahia, que se apresentaria naquela noite. Demos uma volta no Pelô, e seguimos para a casa de umas colegas que nos hospedariam. Após o jantar, retorno para a apresentação no Teatro Miguel Santana. Bela apresentação da cultura brasileira, especialmente do Nordeste. Mais uma circulada na região, e terminamos a noite comendo o famoso Acarajé da Dinha, no Rio Vermelho.

Domingo: após o almoço, fomos até a Igreja do Bonfim, e tomamos o famoso sorvete na Ribeira. Caminhamos na orla, e seguimos para o Forte Monteserrat, para vermos o por do sol. Lindas imagens e cores, ao fim de um dia ensolarado.

DSC01576.JPG



Mas ainda não acabou: finalizamos mesmo foi com uma bela moqueca no restaurante Caranguejo, na orla do Rio Vermelho. Fim da viagem, rumo ao aeroporto, onde embarcaríamos rumo a São Paulo. A Bahia deve ter diversos outros destinos maravilhosos, mas, com certeza, Morro de São Paulo e Imbassai devem fazer parte de qualquer roteiro. Minha combinação de férias foi perfeita.

Avatar do usuário
Mimi_rr
    
    Mensagens: 43
    Desde: 03 Abr 2012, 17:32

Voltar ao topo
Responder
1 mensagem • Página 1 de 1

Voltar para Brasil - Nordeste - Relatos de Viagem


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes

    Índice do fórum
    Equipe do fórum • Excluir todos os cookies deste painel • Todos os horários são GMT - 3 horas

    Resumo Resumo
    Mapa do site Mapa do site
    SitemapIndex SitemapIndex
    RSS Feed RSS Feed
    Channel list Channel list

Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
phpBB SEO
Loading...
       
         "Aqui é Morro de SP"

História:

    Em 1531 um cara chamado Martim Afonso de Souza chegou no lugar e resolveu que lá seria a  Ilha de Tynharéa  , mas com o tempoo pessoal achou o nome meio caído e o nome passou pra Ilha de Tinharé.

    O dono da capitania em que se localiza a ilha , um cara chamado Jorge de Figuereido Correa , falou pra um tal de Francisco Romero , que o lugar era dele , e que queria ver aquele lugar colonizado antes que chegassem alguém  querendo dominar o pico.

    Nessa época  houveram algumas batalhas por lá entre a rapaziada local e os franceses e holandeses. Ah , os piratas e corsários também tentaram curtir a praia lá , mas levaram chumbo.

"Um trator serve de meio de transporte!"

  Os índios tupiniquins e os aymorés , também não estavam a fim de deixar barato , e atacavam direto os  invasores  que moravam no continente, sendo assim as ilhas ficaram cheias de gente rápidamente.

Atrações:

"Só vista bonita..."

Primeira Praia -  é a praia mais freqüentada pelo pessoal que mora em Morro. Lá surgiram as primeiras casas e pousadas na praia . Algumas lanchas e veleiros jogam o ferro ali, pois o Morro os protege dos ventos fortes , além de ser uma praia linda.

 
"Tem varias mesas na frente do mar."

Tem  algumas ondas num reef que tem numa micro baía. É uma direita de formação perfeita que quebra com mais freqüência no inverno e é aconselhável a utilização de botinha , pois o pico é bem raso.

 
"... sol ..."

Segunda Praia - é a praia onde acontecem as coisas. Lá acontece a noite ,  que começa bem tarde , por  volta de 1:30 , 2:00 e vai até de manhã . De dia , é a praia da playboyzada e das gatas. Lá nego joga futvolley , volley , frescobol ,  capoeira , bebe uma cerva , ou um coco e cata um target pra night , ou seja , é onde rola a azaração . Também existem várias pousadas , campings e quiosques.

Terceira Praia - logo depois da Ilha da Saudade . É onde vai uma galera mais alternativa que é  um pessoal legal também. Lá é possível pegar um Trator-trenzinho!? , que leva o pessoal que não está a fim de andar muito para praias mais distantes como o final da Quarta Praia , Boipeba e Garapuá. Quando você estiver andando nessa praia , preste atenção nesses monstros autorizados , pois eles andam bem rápido , e acredito que eles não tenham freios ABS pros goiabas distraídos. Também tem bastante gente andando a cavalo , inclusive foi lá , que pela primeira vez  vi um cara andando a cavalo dentro do mar  com a água na cintura e o cavalo só com a cabeça pra fora. Parecia que o bicho tava curtindo a praia.

" ...e paz."

Quarta Praia - A última e maior de todas. É mais freqüentada pelos mauricinhos e patricinhas . É também a mais tranqüila  , e ideal pra quem tá a fim de fugir do crowd pra curtir um pouco de paz. Existem piscinas naturais alucinantes , com água clarinha e vários peixinhos.

"Aqui tem um forte bacana."

Fortaleza - O governador geral Diogo Luiz e Oliveira mandou o pessoal construir um forte em 1630 para se garantir em possíveis porradarias. O canal possuia uma grande importância estratégica , e eles não podiam dar móle.

 "Que vista!"

Em 1728 , o Conde de Sabugosa (não sei porque , mas esse cara me lembra o Sítio do Pica-Pau Amarelo)  , resolveu dar uma reforma  no forte para peitar o malvado francês Villegaignon.   Atualmente , é a porta de entrada de Morro e continua sendo uma bonita construção.

"Dá a nota..."

Farol - foi contruído em 1855 , é o mirante mais maneiro do lugar , e já fez parte do conjunto defensivo da Ilha por ter uma ampla visão das redondezas. É um visual show.

 
"Olha a cor da água."

Vila - é na vila , em cima do morro , onde a noite começa. Ela é recortada  por apenas 2 ruas principais , e por isso nem cego consegue se perder lá. É lá que a noite começa a bombar. Existem vários restaurantes , bares , pousadas e qualquer tipo de infra-estrutura que um turista precisa.
Como chegar:
De barco: Saindo de Salvador , pega-se uma lancha rápida (2 horas) , ou barco lerdo (4 horas) , no mercado modelo.

De avião: 20 minutos de vôo , saindo do aeroporto internacional de Salvador pousando na Fazenda Caiera ou numa pista de pouso depois da Quarta Praia.

Carro ou Ônibus: vá de carro até Valença e de lá pegue uma lancha rápida (30 minutos ) , ou barco lerdo (1 hora) até Morro.

 

Dicas de GUSTAVO VIVACQUA
1.Lá funciona celular e tem orelhão .

2.Não tem agência bancária.

3.Vários lugares aceitam cartão , mas uma grana em espécie lá  é fundamental

4.É preciso pagar uma taxa de manutenção na hora de ir embora , por isso reserve uns 2 ou 3 "contos" em dinheiro pra essa despesa.

5.Experiente uma bebida uma bebida chamada catonha , é a mistura de cachaça com alguns produtos.

6.Se você tiver duro , acampe na Segunda Praia , o camping é quase dentro da night.

7.Se possuir material de mergulho , leve ; lá faz falta.

8.Calça comprida e tênis é coisa de prego , lá a noite é de bermuda e chinelo ou descalço.

9.Em Valença existem os bancos : Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BANEB, Bradesco e Excel-Econômico, porém não existe banco 24h.

10.Lá existem muitos gringos

11.Uma das melhores épocas pra ir , é depois da quarta feira de cinzas , quando a cidade fica cheia e a noite bomba forte. É a famosa Ressaca de Morro.

12."Sou frequentador assíduo do seu site e há algum tempo pedi informações sobre Morro de SP. Suas dicas foram muitos úteis e por isso estou te escrevendo para te agradecer. Passei o reveillon  lá e foi alucinante. O pico é irado e o povo de lá e bastante receptivo. A night bomba mesmo,nem se vc tentar consegue ficar sozinho.uma dica para vc colocar no site e que quem for a Morro deve conhecer um pico irado chamado "tocados morcegos", O visual é show é lá rola um happy-hour irado depois da praia entre 17 e 19hs.o som é maneiro e a mulherada perde a linha dançando e tomando caipirinha" dica de João Marcos Velloso

13."É sem dúvida nenhuma um dos lugares mais bonitos para ser visitado. Apesar de distante, vc não está isolado, podendo se comunicar com o mundo por e-mail em lojas - bem em frente da igreja - próprias para esse fim." dica de Artur Ribeiro

14."Morro é mesmo muito bonito! O pôr do sol no Forte é um dos mais belos!! Vale a pena!" Dica de Robertinha

15."Morro é show, tudo de bommm!!! Já estive lá 3 vezes, feriado de sete de setembro e reveillon e agora no feriadão de 2 de novembro .Ai galera,minha dica é pros corajosos, não esqueçam de guardar "10 conto" pra descer na tirolesa, adrenalina purrrrraaaaa!!!! dica de Clarice Melo.

16."O percurso de  barca do Mercado Modelo até Bom Despacho, ônibus de Bom Despacho até Valença e barca de Valença até Morro de São Paulo é mais demorado (cerca de 4 horas) mas é mais barato e enjoa muito menos que o percurso direto de lancha rápida ou catamarã do Mercado Modelo até Morro de São Paulo (cerca de 2 horas). Lá existem pousadinhas muito gostosas e baratas, como a Pousada Farol das Estrelas do Gabriel, argentino super simpático. Os guias nativos oferecem bons passeios de barco ou a pé. O Boca é muito divertido. Existe um restaurante muito bem transado, todo em madeira, na quarta praia."dica de Geyse Ribeiro Assunção

17."Fui em Janeiro e realmente o lugar é deslumbrante. Valeu pelas dicas e gostaria de acrescentar que existe um caixa eletrônico do Banco do Brasil, na entrada de um mercadinho na rua principal da Vila. Obrigada. " dica de Renata Norbert Nundes.

18."Olá, Fui pra Morro de SP e simplesmente me apaixonei... A pousada Tapirandu , na 2.a praia é super baratinha, pra quem tá querendo economizar, a noite lá na frente rola uma quase "passarela do álcool". Um passeio muito bom é ir pra 5.a praia caminhando, vc passa por lugares super diferentes, dependendo da maré, até parece outro local. Ver o poço de argila, caminhando para o vilarejo de Gamboa tb é uma ótima dica.... Mas tem q ir caminhando, e na volta o barco pode levar até o Morro. Outra dica que não pode perder é o por do sol do pico do gavião... Muuuuito bom!!!! "dica de Michelle Piccolo

19."Olha pessoal valeu muito as dicas. O lugar é um escândalo!!!! Foi minha primeira viagem de aventura. Saímos de Belo Horizonte de ônibus até Itabuna e de Itabuna fomos pra Valença. De lá chegamos a Morro. Valeu cada minuto da viagem e faria tudo de novo. Não reservamos nenhuma pousada e conseguimos ficar na Morro Praia Hotel, uma pousada na Terceira Praia, maravilhosa. Sabe o que é tomar café da manha na areia da praia vendo aquele espetáculo da natureza??? É tudo!!! Morro de São Paulo, Bahia, Brasil... um lugar que todos merecem um dia conhecer afinal Morro é o máximo!!!!" dica de Renata Carolina Castelluber Bellumat

20."Voltei ontem de MORRO de SP. Lugar maravilhoso. Valeu pelas dicas. Só lamento por algumas sujeiras que encontramos na Ilha. Isso é um absurdo, é preciso  conscientização do pessoal. Vai uma dica.... não deixem de tomar uma  Capifruta do Joe. Ele fica em frente a sua pousada no início da Vila, ao  lado do pastel e a noite por volta das 21:30hs eles se reúnem e tocam, cantam, fazem uma farra muito boa. Q saudades!!! Bjs." dica de Marcela

21."Adorei a ilha!!! O ideal é ficar em pousadas no centro da ilha, pois é onde rola um agito tanto de dia quanto à noite. Quem for pra Morro de São Paulo, não pode deixar de fazer um passeio de lancha ao redor de toda ilha, incluindo a ilha de Boipeba. Esse passeio dura o dia todo, e a lancha vai parando em altos picos! No final da tarde, dá pra ver uns golfinhos perto das ruínas! Vale a pena conferir !!!! " dica de Nathalia - Niterói -RJ

22."Fui nas minhas férias. Apesar de lá ser tudo muito caro, principalmente na alta temporada, é tudo de bom!!!! Amei fazer três coisas: descer de tirolesa (apenas para quem é muuuuuiiiiito corajoso), passeio até a Ilha de Boipeba (não deixe de experimentar a lagosta na parada que eles fazem na praia - é maravilhosa!) e passar o dia na quarta praia no restaurante de madeira (esqueci o nome, mas é o único que tem). Preste atenção ao barco que você vai retornar à Salvador, procure saber se é o catamarã (com mais lugares). Não pegue os barcos pequenos, pois são horríveis. De resto, curta bastante!!!! Vale a pena!!!" dica de  Valeria Coimbra - Rio de Janeiro - RJ

23.""Passei os primeiros dias de 2005 no Morro e simplesmente adorei! Não dá vontade de voltar para casa, aliás não é difícil encontrar por lá pessoas que largaram tudo para ficar no Morro. Fui muito bem recebido e a nativada é muito massa, se gostam de ti, te tratam muito bem mesmo! A night boa rola nos luais na 2º praia, mas também tem um agito bom na Toca do Morcego, lugar com vista alucinante e muita ceva! Recomendo a trip, mas é bom levar algum remédio para enjôo, pois as viagens nos Catamarãs deixam o pessoal mal mesmo!" dica de Rafael Nunes - Porto Alegre - RS

24."Conheço muitas praias do litoral brasileiro e atualmente moro na ilha de Maui no Hawaii,mais Morro de Sao paulo eh lugar mágico,ja fui três vezes e assim que por os pés no Brasil de novo voltarei lá, não deixem de tomar o sorvete de cupuaçu de lá que eh maravilhoso e ajudem a preservar aquele lugar, não sujando as praias e nem a vila." dica de Jefferson Roberto  Hawaii

25."Olá. Cheguei de Morro 22/03 e recomendo mesmo no mês de março (baixa estação), fica ainda mais barato .Peguei muito sol sem tumulto, ainda com muitos turistas na cidade. O pessoal é muito atencioso. Há comida para todos os bolsos. Volto com certeza ano que vem. " dica de  Ana Barcelos

26."Morro! Que lugar espetacular, passei a lua de mel lá por recomendação da minha irmã, e que lugar lindo. Já estou me programando para minhas ferias em dezembro está lá. Quem tiver duvida sobre o lugar possa ter certeza que o lugar é maravilhoso." dica de Erick A. Rodrigues

27."Olá. Estive em Morro de São Paulo 2 vezes em 2007. Antes de ir peguei muitas dicas aqui no site, então resolvi tb dar uma contribuição:
Achar comida boa e barata é possível sim em Morro. Existe um bar chamado "Bar do Sirisinho" (é escrito com s mesmo!). Ele fica depois da Fonte Grande, entrando na rua que leva até a trilha da Fonte do Céu e às casas dos nativos. Comi uma moqueca de camarão no valor de R$ 10,00 (pra duas pessoas) que acompanhava pirão, arroz e salada. Dá pra duas pessoas mesmo, acreditem!!! Ah! Já fiquei em 2 campings lá tb. o D' Oxum é bem localizado por estar em frente à praia mas o D.América se destaca muito por ser bastante limpo. Então é isso! Boa viagem! "dica de Gabriela

28."Olá turma!Adorei todas as dicas que encontrei aqui, estive em Morro de São Paulo em Dezembro e depois fui a Salvador, confesso que no segundo dia já senti vontade de voltar para o Morro, não pude! Mas farei isso agora. Ver o pôr-do-sol na Toca (balada que abre de tarde para a galera ver o pôr-do -sol) foi divino. Fui à Boipeba de lancha e passei o dia por lá, já na praia almocei ostras por R$ 18,00 enquanto tomava caipirinhas maravilhosas por R$ 5,00. Fiquei na Pousada do Sossego, é a mais afastada das praias, fica depois do centrinho comercial mas, para quem quer curtir a noite e depois dormir sem barulho é excelente. Sem falar no atendimento, perfeito!"dica de Paloma Silva

29."Genteee...Morro é o lugar muito perfeito a 2ª praia é bem badalada a noite com restaurantes para todos os gostos e luz de velass...fim de tarde vc aprecia o pôr do sol com golfinhos dando pulos no marr...Muito Perfeito, sem contar q rola um luau massa la dia de segunda, quem for aposente seus sapatos, lá n tem asfalto só areia sem contar q os nativos são bem receptivos...haa tem uma gruta lá q esqueci o nome q as agencia de viagens fazem o passeio por 60 reais e os nativos por 15 reais. vale a pena conferir.."dica de elaine dos santos

30.Não sei como ninguém comentou dos "táxis" de morro, os carrinhos de mão mão com a palavra táxi pintada.Deve ser punk ficar subindo o morro e descendo o dia todo para levar as malas.E como foi dito , não esqueçam os equipamentos de mergulho, e preservem o local! Bruno

31.Ola galera adorei as dicas de vcs sou de Campinas-Sp e adoro Morro de Sao Paulo parece se eu for pra Salvador e nao ir no Morro pra mim a viagem nao foi completa e completando os comentários anteriores no morro tem diversas opçoes de pousadas,bares/restaurantes , um volei e um futebolzinho de areia na parte da tarde (muito bom) e para quem curti uma vibe tem o lual onde rola uma baladinha na primeira praia onde so pag a as bebibas pois esta lotado de barraquinhas com diversas batidas e etc, e tbm para relaxar e conhecer outras ilhas agendar um passeio de um dia para o outro para ir em boipeba muito bom...recomendo ir no passeio um cara muito querido na ilha o nome dele é Calba (se eu nao me engano ele tem uma lancha como o nome de boipeba turismo) ele faz uns 20 anos q esta no morro e conhece la tudo que vc imaginar...bom passeio galera ate mais!!! Joao Paulo Prata

32.Para quem vai ao Morro de São Paulo BAHIA, procurem antecipadamente uma agência que se chama - O2 Ecoturismo - a única na ilha que trabalha com o turismo sustentável, indicando as melhores opções de passeios, restaurantes, pousadas, e sempre com o melhor custo-benefício para os ecoclientes. O nome do agente é Marcos, e a agência fica numa pequena galeria FUNNY, na segunda praia. ABRAÇÃO E APROVEITEM O PARAÍSO QUE É O MORRO. Silvio Moraes

33.Estive lá em janeiro , fiquei 5 dias e não vi os famigerados tratores, acho que foi proibido, ainda bem! O lugar é muito legal, tem muitas gringas bonitas: argentinas, chilenas, israelenses, italianas, alemãs, etc. Fora as brasileiras que são as melhores! Martim

`
Destinos
   
Roteiros
de Viagem
   
Trilhas e Travessias
   
Relatos
de Viagem
   
Equipamentos de Camping e
Aventura
   
Companhia
para Viajar
   
Registre-se agora!
   
Albergues e hotéis
   
Mochila Brasil


      
    Índice do fórum ‹ Relatos de Viagem ‹ Relatos de Viagem ‹ Relatos de Viagem por Destinos ‹ Brasil - Relatos de Viagem ‹ Brasil - Nordeste - Relatos de Viagem
    Alterar o tamanho da fonte
    Exibir página para impressão

    Pesquisa Avançada
    Membros
    Registrar
    Entrar


CLIQUE AQUI para enviar a sua dica.

VEJA AQUI OUTROS DESTINOS

 

Imprimir | Enviar por email
new balance heren hogan schoenen nike air huarache nike roshe run nike sb adidas yeezy kopen mont blanc pen nike corte valentino schoenen hollister sale oakley zonnebril louis vuitton tas nike air force nike free rn nike schoenen fila sneakers nike air max 95 new balance dames ray ban zonnebril michael kors tas adidas superstar sale Timberland Schoenen puma sneakers nike huarache balenciaga sneakers polo shirt Adidas Schoenen nike outlet new era pet Ralph Lauren Schoenen puma schoenen nike flynit ray ban brillen asics sneakers adidas superstar dames polo ralph lauren sale converse sale louis vuitton riem adidas voetbalschoenen

© morrodesaopauloonline.com.br - 2017 - Todos os direitos reservados

 

Both the Rolex Datejust II and Rolex Day-Date II replica watches have famously legible and attractive dials. The Rolex Datejust II has baton or Arabic hour numerals while the Day-Day II has baton or Roman numeral hour markers. Aside from style differences it should be noted that the sportier Rolex Datejust II has lume on its dial while the Rolex Day-Date II replica watches dials do not have applied luminant on them (for viewing the dial in the dark). Aside from the Submariner, the Rolex Datejust replica watches uk is probably the second most popular Rolex timepiece, and among the brand's higher-end models, the Rolex Day-Date II replica watches is among the top choices next to fancier versions of the Daytona. Depending on your budget there are lots of versions, and these are great watches to own being classics in their own right and extremely good keepers of value. Complaints? Really not many. Rolex replica watches sale has so many types of watches that there is something for everyone.